• Informe Popular

Raposa Serra do Sol: índios produzem, mas faltam médicos e infraestrutura após 10 anos

Compartilhado em 31 de janeiro de 2019.

Por André Paz- Informe Popular.

Fonte:

https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2019/01/31/raposa-serra-do-sol-indios-produzem-mas-faltam-medicos-e-infraestrutura-apos-10-anos.ghtml


Após saída de arrozeiros, índios ocuparam fazendas com gado, mas ainda hoje sofrem com estradas precárias, falta de luz, água encanada e agora de médicos. Dez anos depois, governo Bolsonaro acentua tensão e índios temem novos conflitos.



Cravada na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana, a Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, voltou ao centro das atenções depois que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) falou em rever a demarcação de 17 mil quilômetros, concluída no governo Lula (PT).


Veja imagens da reserva indígena Raposa Serra do Sol hoje

A declaração, mesmo com o recuo ensaiado em seguida, reacendeu um debate ainda recente da história indigenista no Brasil. Em 2009, os últimos não-índios da região, na maioria arrozeiros e pecuaristas, deixavam a reserva após intensos conflitos e uma batalha judicial que terminou no Supremo Tribunal Federal (STF).


Para mostrar como os índios vivem uma década após a desocupação e em meio à polêmica proposta, o G1 percorreu quase 500 KM dentro da área em uma viagem de três dias por oito comunidades indígenas.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now