Buscar
  • Informe Popular

NOTA DE REPÚDIO DO CONSELHO INDÍGENA DE RORAIMA (CIR)



Nota de Repúdio do CIR


28 de fevereiro de 2020


O Conselho Indígena de Roraima – CIR representante de 242 comunidades indígenas, vem a público manifestar seu total apoio ao povo indígena Waimiri Atroari, que mais uma vez foi desrespeitado dentro do seu território tradicional por parte do Deputado Estadual Jeferson Alves/PTB/RR que de forma truculenta usou de um motosserra para destruir o suporte e tirou a corrente do posto de vigilância da terra indígena, Waimiri-Atroari, conforme vídeo divulgado nas redes sociais no dia 28 de fevereiro de 2020. O ato incita e reforça o ódio, a discriminação e preconceito já existente na sociedade contra os povos indígenas, culpando-os como sendo entrave para o desenvolvimento do País.


Nossos irmãos “Kinja”, povos originários da T.I Waimi Atroari, durante a construção da BR 174 que liga Manaus/AM e Boa Vista/RR, foram reduzidos para menos de 440 pessoas, no total de 3.000 mil pessoas, além de vários casos de violação de direitos humanos, como a construção da usina Hidrelétrica de Balbina, na qual 30 mil hectares foram inundados; a invasão da Mineradora boa parte das terras e rios foram poluídos (rios Tiaraju e Alalau).


Portanto, repudiamos com veemência o ato arbitrário do parlamentar e pedimos que os órgãos competentes tomem as medidas cabíveis para coibir abusos contra os povos indígenas e que o acordo assinado com o próprio estado brasileiro seja respeitado e cumprido.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now