Buscar
  • Informe Popular

"ESTADO VIVE CALAMIDADE FINANCEIRA. DÍVIDA É DE 6 BILHÕES", AFIRMA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO - SEED

Publicado em 03 de fevereiro de 2019.

Por André Paz - Informe Popular


EM TEXTO ENCAMINHADO AO INFORME POPULAR, A PROFESSORA LEILA PERUSSOLO, AFIRMA QUE RORAIMA VIVE UMA CALAMIDADE FINANCEIRA GERADA PELA IRRESPONSABILIDADE DA GESTÃO ANTERIORES.

LEIA ABAIXO NA ÍNTEGRA O TEXTO:

"Roraima hoje é um estado em calamidade financeira gerada pela irresponsabilidade das gestões anteriores.

Foram anos lapidando os cofres públicos, esquecendo que recursos são destinados aos serviços de atendimento a sociedade.

Durante anos assistimos, ouvimos, vimos milhares de fotos de viagens em Facebook ou outros meios de comunicação, prisões. Tudo nos assustava, mas agora o susto é bem maior... Um estado no fundo do poço com uma dívida de 6bilhões, toda a administração pública com serviços essenciais extremamente sucateados, sem o mínimo pra funcionar, contratos irregulares, processos com foco eleitoreiros, pagamentos absurdos, folha de pagamento inchada, um verdeiro descaso e desrespeito a moralidade pública.

Gestões anteriores que viram pais perderem filhos no HGR, viram os transportes escolares parados, usaram os servidores de forma obrigatória para fazer campanha, usaram os carros alugados com dinheiro público e agora a dívida está aí pra ser cobrada... Aumento o número de contratação de cedenciados sem necessidade nas unidades ou setores, dentre outras situações. Isso sim é absurdo, criminoso.

Que sonho esse povo do mal deixou?? Salários atrasados, falta de merenda nas escolas, falta de condições de trabalho da polícia? Qual sonho? A preocupação se no próximo mês o servidor tem salário? Nos deixou um horror de coisas absurdas.

Em trinta dias não se faz milagres diante do caos que atravessa Roraima hoje. Mas, em trinta dias mostra coragem para fazer o certo, ainda que se precise tomar decisões difíceis. Nosso caminho hoje é sair do buraco negro herdado pela falta de planejamento sério com as políticas públicas. Tarefa árdua, mas possível, mtas medidas responsaveis estão sendo tonadas pelo atual governo, exemplo redução das secretarias de estado que eram mais de sessenta, fonte de saída do nosso suado dinheiro público. Estamos firmes no compromisso político, ético e com transparência nas ações públicas...

O Novo Governo passará pela crise esdrúxula das irresponsabilidades anteriores e conduzirá nosso estado para o desenvolvimento social e econômico."


This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now