• Informe Popular

Conheça a DAMURIDA


Compartilhado em 31 de Janeiro de 2019.

Por André Paz - Informe Popular

Fonte: Enoque Raposo


Essa é a nossa Comida típica indígena - Chama-se damurida!




A DAMURIDA (em língua macuxi se chama "Tu'ma") - Há muito tempo, quando nossos avôs caminhavam por longo período pelos seus territórios ancestrais, livremente, quando não haviam ainda contato com os karaiwayamî (colonizadores), pelos seus conhecimenos tradicionais, inventaram um jeito de conservar suas comidas, a carne de caça, pesca e outros insetos comestíveis como as lagartas de maniva, moxiwas, formigas manivaras, gafanhotos e as tanajuras, isso acontecia porque não havia sal para se manter conservados. Foi aí que nasceu o moquém, uma técnica de assar de forma lenta, com paciência e com perfeição na brasa e pegando muita fumaça para dar tudo certo, ou seja, para não deixar queimar. Só depois de tudo moqueados ou desidratados que eram guardados em cestos feitos de cipó ou embrulhados em folhas de bananeiras ou outras folhas largas como a de jenipapo ou kurawa.

Serviam muitas vezes para viagens longas. A invenção da Damurida (tuma') surgiu a partir da necessidade de comer o beiju ou a farinha molhado, onde conhecemos como Pirão. A pimenta sempre acompanhou a culinária tradicional, por isso, que não poderia ser diferente com a damurida, tinha que ser ardosa, porque acredita-se que até hoje, comer com pimenta servia para espantar o mal-olhado, assim como se acredita que serviam para espantar também espíritos da natureza que poderiam estarem fazendo algum mal para os parentes de uma região e para os que viajavam também. O uso da pimenta como alimento era indispensável, se usava como remédio e também era usado pelo grande pajé da aldeia para descobrir a morada dos espíritos má. Comer pimenta é um dos hábitos milenares adquirido pelos indígenas onde acrescentavam diversos tipos de pimentas do curupira, murupi, malagueta, olho de peixe, canaimé, etc.., folhas da pimenta, tucupi, água, sal e por último o moqueado, carne fresca ou insetos. O prato era sempre acompanhado da farinha, do beiju e da bebida típica chamado de caxiri. Não existiam pratos, colheres. Somente panelas de barro e colheres artesanais feitos de madeiras.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now